PT | EN
Estudos Musicais Estudos Teatrais Estudos em Artes Visuais Estudos Interdisciplinares
Estudos Artes Visuais
"O ESTÁGIO SUPERVISIONADO COMO DISPOSITIVO FORMATIVO: curso em Artes Visuais da UFRR (Roraima)"   SET 2017
Este texto aborda a prática do Estágio Supervisionado na Licenciatura em Artes Visuais da Universidade Federal de Roraima (Brasil), da criação do Curso a sua organização do Plano de ensino, o planejamento para a atuação durante o Estágio, a relação entre “estagiário e professor regente” e as dificuldades encontradas pela ausência de professores formados em Artes nas escolas de ensino regular do Estado de Roraima. As questões levantadas têm como base autores como FREIRE (2010); ZABALA (2010), LIMA & PIMENTA (2012), além das legislações brasileiras vigentes para a formação de professores. As discussões e reflexões referentes ao ensino de arte em Roraima ainda são recentes e carecem de uma atenção por parte dos Gestores públicos, mas todas são fundamentais para o aprimoramento da prática docente em Arte no Estado, pois uma má formação docente poderá afeta toda uma comunidade a médio e longo prazo.
IVETE SOUZA DA SILVA & VINÍCIUS LUGE OLIVEIRA - Universidade Federal de Roraima | Brasil
PDF
 
"ENSINANDO CIÊNCIAS E BIOLOGIA ATRAVÉS DAS CÉDULAS BRASILEIRAS"   JUN 2017
A numismática brasileira resgata muitos valores e aspectos importantes da sociedade brasileira. Sendo assim, acreditamos que as cédulas monetárias possuem um grande potencial para ser utilizadas pelos professores ao se ensinar Ciências e Biologia. Devido a inexistência de trabalhos que relacionem as notas ao ensino, o presente estudo, pela primeira vez, objetivou fazer um levantamento, desde a época do Mil Réis (1833) até o Real (2016), sobre quais cédulas brasileiras podem ser utilizadas no ensino de Ciências e Biologia. Para isso foi realizada uma pesquisa investigativa na homepage brasileira: http://cedulasbrasileiras.blogspot.com.br/, no ano de 2016, com o intuito de contabilizar as cédulas que possuíam potencial para o ensino de Ciências e Biologia. Através das cédulas aqui apresentadas, os professores de Ciências e Biologia podem discutir variados aspectos com seus alunos, como por exemplo, botânicos, zoológicos, geográficos, políticos, culturais, religiosos, históricos, econômicos, ambientais, tecnológicos, da saúde (de importância médica e sanitária), musicais, ecológicos e alimentares. Espera-se que o presente estudo tenha despertado e inspirado a criatividade dos professores de Ciências e Biologia a inovarem suas práticas de ensino. Almeja-se, ainda, que outras cédulas monetárias possam ser estudadas e associadas não só ao ensino de ciências e biologia, mas também ao ensino de história e geografia.
LUCAS BRANDÃO, ; DANIELLE AMORIM; MARTINS SOUZA; IZABELLA ACIPRESTE, ; & MARCELO BARROS, - Pontifícia Univ. Católica de Minas Gerais| Brasil
PDF
 
"OS ELEMENTOS SIMBÓLICOS EMPREGUES NA COMPOSIÇÃO DA «ABÓBADA CELESTE»   MAR 2017
Mais conhecido como Firmamento para o público em geral, a Abóbada Celeste define-se como o hemisfério celeste visível, cujo estudo pertence ao campo específico da astronomia. Contudo o presente trabalho pretende compreender o conceito, fora do campo científico, através de uma leitura simbólica muito singularizada, contextualizada e interpretada, no seio de uma sociedade discreta, como é a Maçonaria. O presente trabalho que teve como base a revisão da literatura sobre o tema, ao nível dos elementos simbólicos, manuais dos rituais e publicações de caráter histórico, serviu de base para a elaboração de uma composição pictórica que veio a ser executada nos tetos dos dois templos do Rito Escocês Antigo e Aceite da Grande Loja Regular de Portugal / Grande Loja Legal de Portugal, na cidade do Porto, no mês de agosto de 2016.
LUÍS MANUEL LEITÃO CANOTILHO - Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança | Portugal
PDF
 
"GRETE STERN Y LA VANGUARDIA DEL’40. Arte y psicología de la Gestalt entre fronteras permeables"   DEZ 2016
Con el propósito de indagar las relaciones entre psicología y estética en la Argentina desde una perspectiva histórico crítica, se analiza el caso de la fotógrafa Grete Stern como personaje clave de una de las vías de recepción de la psicología de la Gestalt en su intersección con los desarrollos de la Bauhaus. Se tiene en cuenta para ello dos tipos de fuentes. En primer lugar, algunos datos biográficos que la ubican como representante de la “experiencia Bauhaus” y la transmisión oral que de ella hizo. En segundo lugar, los testimonios de algunos artistas y el material bibliográfico (en especial, los Bauhausbücher) que les aportó a quienes incursionaban en los años ’40 en el arte no figurativo de tendencia concreta. A partir del análisis de uno de aquellos volúmenes, se reflejan los debates que tomaban saberes psicológicos para fundamentar postulados del arte abstracto y el papel de la ciencia del arte de finales del siglo XIX como antecedente de ambos.
MARIA CECILIA GRASSI - Universidad Nacional de La Plata | Argentina
PDF
"O DESIGN E A VALORIZAÇÃO DE PRODUTOS, TERRITÓRIOS E IDENTIDADES   SET 2016
O presente artigo aborda a relação atual entre o design, os contextos locais, as suas comunidades, a criação popular, a autocriação, o artesanato, os produtos autóctones, e a valorização e sustentabilidade territorial e social. Presentemente os fatores considerados como secundários como, o “valor de estima, os factores emotivos, estéticos e psicológicos, a qualidade percebida, o conceito de terroir” (como reconhecimento da comunidade e do território onde se produz) como refere Dijon de Moraes (2009), contidos em muitas destas produções são factores determinantes e diferenciais competitivos para o desenvolvimento de novas tipologias de produtos industriais Neste trabalho evidencia-se a importância do design neste processo imergindo a complexidade do âmbito desta área atualmente.
JACINTA HELENA ALVES LOURENÇO CASIMIRO DA COSTA - Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança | Portugal
PDF
"LA REPRESENTACIÓN DE LA POBREZA EN DOS DOCUMENTALES ARGENTINOS   JUN 2016
La crisis política, social y económica argentina del año 2001, producto de las políticas neoliberales de la década previa, obligó a un sector de la población a generar nuevas formas de organización laboral para poder subsistir en un país regido por la lógica del desempleo. Trabajadores de fábricas recuperadas y cartoneros fueron representados de forma insistente e instantánea en el cine documental en films como El tren blanco (N. García, S. Pérez Giménez y R. García, 2003), Caballos en la ciudad (A. Gershenson, 2004) y Grissinopoli, el país de los grissines (D. Doria, 2004), entre otros. La mayor parte de estos textos representan a sus sujetos de forma similar, privilegiando una actitud pasiva por parte de los realizadores y registrando el accionar cotidiano de un conjunto de sujetos, quienes expresan sus ideas y sentimientos a través de entrevistas. En este artículo analizaremos dos documentales que trabajan esta temática mediante una aproximación distinta: Bonanza (en vías de extinción) (Ulises Rosell, 2000) y Vida en Falcon (Jorge Gaggero, 2004). Estos dos films presentan la historia de personajes de clases marginadas que encuentran medios de supervivencia peculiares (uno haciendo de su auto Ford Falcon una vivienda y el segundo conviviendo con su familia entre chatarras), adoptando estructuras narrativas clásicas de ficción y personajes a los que se les otorgan valores arquetípicos. El objetivo de dicha operación es intentar reducir la distancia con el espectador apelando a personajes y estructuras reconocibles por sobre la denuncia explicita, favoreciendo el “tratamiento creativo de la realidad” que supone el discurso documental.
PABLO LANZA - Universidad de Buenos Aires| Argentina
PDF
 
O ENSINO DO DESENHO EM UMA PERSPECTIVA INCLUSIVA:O FIGURATIVO PARA ALÉM DA VISÃO   MAR 2016
O ensino de Arte em interface com as deficiências, ao longo dos últimos anos, tem sido um tema de interesse crescente em pesquisas no meio acadêmico, sobretudo no que se refere à educação especial, porém ainda apresenta certa escassez no tocante à socialização de estudos que discutam esse ensino na perspectiva da educação inclusiva. Dessa forma, o presente texto constitui-se um recorte de nosso estudo de mestrado, Desenho e deficiência visual: uma experiência no ensino de Artes Visuais na perspectiva da Educação Inclusiva, defendido em 2015, junto ao PPGEd/UFRN, o qual procura contribuir com essa discussão. Esse estudo situa-se no campo do ensino de Artes Visuais, no contexto da inclusão escolar de alunos com deficiência visual, considerando a participação de alunos videntes e não videntes, tendo como referência investigativa a leitura e a produção do desenho. A abordagem metodológica utilizada, de natureza qualitativa, foi a pesquisa-intervenção, à luz dos princípios bakhtinianos do dialogismo e da alteridade, com características de estudo exploratório.
RIVALDO BEVENUTO DE OLIVEIRA NETO & JEFFERSON FERNANDES ALVES - Universidade Federal do Rio Grande do Norte| Brasil
PDF
 
“LA REPRESENTACIÓN Y EL PASO DEL TIEMPO: EL RETRATO HISTÓRICO”   DEZ 2015
La investigación que hemos desarrollado analiza una serie de retratos pertenecientes a la colección de arte de la Región de Murcia y que son buen ejemplo del ánimo decimonónico por la Historia y el auge que se vive en el siglo XIX por el género del retrato. En este contexto aparecen una serie de ejemplos de retrato de historia en la colección autonómica de arte en el que personajes relevantes del pasado son reinterpretados por artistas posteriores tratando de ajustarse a la imagen que de ellos se tenía.
JUAN RAMÓN MORENO VERA - Universidad de Alicante| Espanha
PDF
 
“IMPROVISAÇÕES POÉTICAS ESPACIAIS - DEAMBULAÇÕES DA PINTURA”   SET 2015
A pesquisa apresenta trajetórias e deambulações do meu processo artístico, na tentativa de configurar uma cartografia do intermediário, um espaço intervalar, como zonas de coexistência de um mundo habitado dialogicamente mediadas pela noção da pintura expandida nas práticas das artes visuais. Nesse processo, o objetivo tem sido evocar a impermanência, traduzida em espaços pictóricos, que permitam encontrar o estável no móvel e fazer uma referência ao movimento, ao ato de movimentarse, a partir das construções improvisadas e temporais e das práticas do deslocamento. A reflexão transita pela exploração da noção de deslocamento, fio condutor que dirige e motiva, tanto o marco teórico, como a produção plástica.
NATALIA ECHEVERRI ARANGO - Universidade Nacional da Colômbia| Colômbia
PDF
 
“LiMAC. LA APROPIACIÓN COMO PRÁCTICA CONTEMPORÁNEA”   JUN 2015
Este trabajo intenta revisar de forma preliminar y exploratoria algunas construcciones discursivas que se reconocen en torno a las producciones de arte contemporáneo. Entender este tipo de propuesta plástica comprende ciertos criterios estéticos que diferencian el conjunto llamado contemporáneo de la totalidad de las producciones artísticas. Por consiguiente, nos detenemos en aquellas experiencias que instalan como musa inspiradora piezas artísticas de colecciones públicas y privadas, que a través de la práctica de apropiación genera nuevos planteos sobre la autenticidad de una obra de arte. Por esta razón el recorrido nos obliga a problematizar, en primer lugar, características presentes en la producción contemporánea, y segundo en aspectos de la práctica apropiacionista, mecanismo crítico sobre la originalidad de una pieza artística. Por último, ejemplificar este tipo de experiencia desde la obra Museo de Arte Contemporáneo de Lima (LiMAC) de la artista Sandra Gamarra. Este análisis trata de aportar nuevas miradas sobre interrogantes analizados a lo largo de la historia del arte, pero desde la especificidad que despliega este modo de ser contemporáneo, que nos ubicará en una relectura de relaciones, discursos e instituciones artísticas para reflexionar desde su propia naturaleza.
ALEJANDRA PANOZZO ZENERE - Centro de Estudios Teórico-Crítico sobre Arte y Cultura en Latinoamérica | Argentina
PDF
 
“DIÁLOGOS E PERSPETIVAS DOS JOVENS SOBRE A IMATERIALIDADE DOS ESPAÇOS”   MAR 2015
O estudo é uma análise exploratória dos discursos produzidos por um grupo de jovens que participaram numa fase de uma investigação sobre os sentidos dos espaços escolares. A primeira parte da actividade relaciona-se com a recolha de elementos que revelam o modo como os alunos são sensibilizados pelas características afectivas e sensitivas dos espaços escolares, isto é, a forma como são sensibilizados pelas suas características imateriais. Para tal, o grupo procura, com ajuda de mecanismos de activação apropriados, construir experiências (afectivas e sensitivas) na relação directa com as cores, formas, volumes, texturas e sons desses espaços. Simultaneamente o grupo expõe, num debate conjunto, as ideias, críticas, opiniões, sugestões pessoais que vão surgindo sobre a realidade estudada no sentido de ir construindo e reconstruindo as suas narrativas a partir das experiências vividas. É nossa pretensão explorar o sentido e potencial do que designamos atrás como “imaterialidades dos espaços” ou ainda as “imaterialidades arquitectónicas da escola” a partir da construção e desconstrução desses debates. De seguida o grupo de estudantes reproduz, numa maqueta, a escola como uma nova realidade, uma realidade recriada a partir dos seus estudos e considerações, procurando reproduzir, na arquitectónica dessa maqueta, esta ideia: a Escola tal como nós a desejaríamos (The School I´d Like!). Pretende-se assim saber se as experiências vividas pelos estudantes, no seu conjunto, correspondem a um novo posicionamento sobre a arquitectura da escola na sua estrutura física e se a partir desse posicionamento adquirem uma nova perspectiva sobre toda a vida da escola. O trabalho tem pois, como principal objectivo, apresentar uma perspectiva crítica dos alunos sobre o espaço escolar e sobre a participação dos alunos na arquitectura dos ambientes da escola.
LILIANA ALVES COUTO - Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto | Portugal
PDF
 
“EL CINE EXPERIMENTAL DE CORTOMETRAJE EN LA ARGENTINA DE LOS AÑOS SESENTA Y SETENTA”   DEZ 2014
El campo cultural argentino de los años sesenta y setenta evidenció una marcada transformación que incidió en las diversas prácticas artísticas. El cine nacional se caracterizó por una renovación estética, manifestando una reflexión sobre el medio expresivo en el cruce de apropiaciones foráneas y especificidades locales. El propósito de este trabajo consiste en realizar un análisis fílmico del cortometraje experimental argentino del período, tomando como referencia exponentes extranjeros. Para ello, examinaremos en primer lugar las características teóricas del cine experimental y estudiaremos las condiciones culturales e históricas de posibilidad y emergencia de dicha cinematografía en nuestro medio. En última instancia, abordaremos el apartado analítico tomando tres grandes tendencias dentro del cine experimental –el cine de animación experimental; el cine estructural y el cine de vanguardia.
JAVIER COSSALTER - Universidade de Buenos Aires | Argentina
PDF
 
“EL RETRATO CÍVICO: AMISTAD Y HOMENAJE”   SET 2014
La presente investigación analiza la tipología del retrato cívico dentro de un género fundamental para entender el arte a partir del siglo XIX. En este trabajo se aborda el estudio de una serie de obras que pertenecen a la colección autonómica de arte de la Región de Murcia, y que ejemplifican algunas características comunes a este tipo de retratos como la total libertad técnica y estilística. Por un lado nos encontraremos con una serie de retratos que surgen de la relación de amistad entre los artistas y los modelos, como son los de Benjamín Palencia o Vicente Media, mientras que por otro lado hallaremos aquellas obras que nacen del homenaje intelectual que los artistas brindan a sus representados, como ocurre en los casos del retrato de Antonio Machado o la obra del Equipo Crónica sobre Picasso.
JUAN RAMÓN MORENO VERA - Universidade de Alicante | Espanha
PDF
 
“ACTUACIÓN CINEMATOGRÁFICA Y ANÁLISIS TEÓRICO”   JUN 2014
Desde los inicios del Arte Cinematográfico, la adopción de la forma representativa y narrativa de ficción determinó la participación de actores en los filmes. De este modo, el desempeño actoral en Cine se convirtió tempranamente en un legítimo objeto de estudio. Sin embargo, el mismo espera aun el establecimiento de parámetros de elucidación propios. Este hecho se halla estrechamente derivado de la persistencia de la Actuación teatral (manifestación originaria del arte actoral) como problema aun escasamente abordado por la teoría. Habiendo emprendido, en trabajos anteriores, la elaboración de herramientas para el análisis teórico de la Actuación teatral, el presente artículo tiene por objetivo principal realizar un rastreo preliminar de la forma en que los diversos análisis sobre el cine han trabajado el tema del actor. Además de analizar los aportes de los escasos estudios específicos sobre el tema, revisaremos las contribuciones de los estudios históricos que, si bien están centrados en otros aspectos del arte cinematográfico, se refieren a cuestiones que involucran al actor. Dividiremos la exposición de estos aportes en diversos tópicos, que constituyen posibles áreas de investigación futuras en lo que respecta a la Actuación Cinematográfica. En primer lugar, los trabajos que reflexionan sobre las cuestiones técnicas o plásticas del cine. En segundo término, las indagaciones sobre los aspectos narrativos del cine, tanto en lo que respecta al desarrollo de los Modos de Representación, como a la constitución de los géneros. Y por último, las obras que profundizan en el rol del actor en el marco del cine como industria de masas.
KARINA MAURO - Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas | Argentina
PDF
 
“FRAMEWORK – ARCHITECTURE IN IRANIAN MINIATURES”   MAR 2014
The objective of this research is to discuss the problem of how architectural spaces exist and attend in Iranian miniatures. That is professional way and planning to encounter particular and valuable architecture that today there is in Iranian miniatures. This study with the aim of identifying framework Structure of conducted architecture and reference to articles, professional resources and survey has attempted to provide an appropriate field for understanding the reason and logic about this valuable architecture. This Structure has been formulated, after identifying miniatures in the first stage and analyzing their contents in the second stage. Among the results gained after miniatures analysis: architecture functionality beyond its social meaning, scale independence of the building and human scale of the buildings, simultaneous images of inside and outside space and special idealism can be mentioned. The results of this study can be considered in architectural planning and urban development of Iran, and can pave the way of future researches.
BEHNAM GHASEMZADEH - Tabriz Branch, Islamic Azad University, Tabriz | Iran
PDF
 
“IMAGEN,PROGRAMA Y MATRIZ MECANICISTA EN LA ARQUITECTURA DE LA INDUSTRIA EN ESPAÑA”   DEZ 2013
La matriz mecanicista y, en un sentido amplio, el universo industrial han servido como fuente de inspiración no solo de las formas, sino también de los conceptos y principios sobre los que se asentó el Movimiento Moderno. En arreglo a estas premisas, en este artículo se analiza una serie de espacios industriales que, respondiendo a la lógica de la modernidad, muestran las posibilidades de la arquitectura de la industria, en tanto campo abierto a la innovación y a la experimentación.
NATALIA TIELVE GARCÍA - Universidad de Oviedo | Espanha
PDF
 
“SYMBOLS AND SIGNS IN ISLAMIC ARCHITECTURE”   SET 2013
“Do Throughout history, Islamic signs and signification were recognized and appreciated by both Muslim and Non-Muslim scholars. The Islamic style of architecture is not only used in mosques, but also in other Islamic buildings and even in gardens. The architecture encompasses both secular and religious artistic styles. The aim of this study is to contextualize the concept of Islamic architecture. It seeks to make the readers appreciate the heritage of Islamic architecture, and to clarify on misconceptions about Islamic architecture. This study examines various types of Islamic architecture and conducts a semiotic analysis of these works. The study defines the meaning and scope of Islamic architecture. It highlights the qualities and characteristics that make it unique and distinctive from other forms of architecture. It looks into the meanings and characteristics of the structures and explores the decorative styles used. Further, it explores the concept of Islamic architecture and analyses the meaning of some of the signs and significations. The findings indicate that the most common styles are calligraphy, geometry and floral designs. The study also finds that Islamic architecture encompasses both secular and religious artistic styles and has been influential in designing, constructing and decorating buildings in other cultures during both the ancient times and in the present day.
BEHNAM GHASEMZADEH; ATEFEH FATHEBAGHALI; & ALI TARVIRDI NASSAB - Tabriz Branch, Islamic Azad University | Iran
PDF
 
“DO WOMEN HAVE TO BE NAKED TO GET INTO THE MET. MUSEUM?”   JUN 2013
“Do women have to be naked to get into the Metropolitan museum?” foi a questão colocada pelas Guerrilla Girls a todos os habitantes de Nova Iorque com o objetivo de abalar a consciência artística. Depois de um estudo sobre o tema chegaram à conclusão de que se apenas uma minoria de artistas mulheres estava representada mos museus, 85% dos nus eram femininos. Tendo o corpo da Odalisca de Ingres com uma cabeça de gorila como ponto de partida; uma história do nu feminino ao longo da história será analisada criticamente desde a pintura erótica, Vénus de Ticiano. O mesmo corpo perfeito do cânone clássico foi aqui usado com um fim completamente diferente. Enquanto um quer um lugar na sociedade por ser visto e a única maneira de ser visto é através da sua beleza, o outro procura um lugar na sociedade por todos os meios menos a beleza… nunca por usa o corpo perfeito. Enquanto para alguns isto pode parecer óbvio, o significado desta interpretação não deve ser subestimado. De facto, esta abordagem às inflexões únicas do significado do corpo e poder feminino, ao mesmo tempo que cita e evoca a arte clássica, ataca-a no coração distorcendo-a em termos de morfologia, iconografia, função e significado.
ANA DUARTE RODRIGUES - Universidade Nova de Lisboa| Portugal
PDF
 
"UNA IMAGEN SOBRE LA EDUCACIÓN ARTÍSTICA EN LA ACTUALIDAD"   MAR 2013
Es innegable la importancia de la Expresión Plástica en el crecimiento global del niño, con todo, intervinientes en el proceso didáctico y muchos teóricos consideran que el arte en la educación se encuentra en una posición menospreciada (BARBOSA, 2001, 2002; EFLAND, 2002, 2004; HERNÁNDEZ, 2000; MARTINS, 2002; LÓPEZ GARCÍA, 2003; OLIVEIRA et al., 2004; WAGNER, 2001). Estas consideraciones llevan a cuestionar las prácticas pedagógicas de los educadores infantiles, la forma como desarrollan su currículo, las oportunidades educativas que ofrecen a los niños, o sea, importa percibir si la Expresión Plástica se desenvuelve con calidad pedagógica en contextos de Educación Infantil. En este sentido, el problema planteado conduce a la necesidad de conocer nuestra realidad y a presentar/ caminos congruentes con el tiempo en el que vivimos, donde el concepto de arte e imagen invaden y amplían nuestras experiencias cotidianas que necesitan ser descodificadas para que sean entendidas. Así, este trabajo pretende exponer un diagnóstico de las prácticas educativas ejecutadas por educadores infantiles del distrito de Oporto (Portugal) en el dominio de la Expresión Plástica.
BRIGITE CARVALHO & SANDRA M. OLIVEIRA - Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti | Portugal
PDF
 
"PROJETO «ANTES E DEPOIS»"   DEZ 2013
No âmbito do curso de licenciatura em educação musical, na escola superior de educação Jean Piaget (Vila Nova de Gaia - Portugal), os docentes e estudantes da unidade curricular - atelier de expressões integradas da expressão corporal e artística - conceberam, desenvolveram e apresentaram uma performance de forma participativa e articulada, de modo a (re)construírem e avaliarem processos criativos e artísticos a partir das didáticas específicas da expressão plástica, corporal e dramática, com o recurso e a integração de tecnologias de informação e comunicação. O projeto desenvolveu-se sob uma metodologia de criação coletiva (devised theatre) e permitiu o desenvolvimento de competências de utilização de diferentes linguagens estético-expressivas e o (re)conhecimento da importância e metodologias das expressões integradas em contexto pedagógico.
ASSUNÇÃO PESTANA - Escola Superior de Educação Jean Piaget | Portugal
MANUEL NEIVA - Universidade do Porto | Portugal
PDF
 
"CONTEMPORANEIDADES Y BATALLAS: en torno al invencionismo argentino (1944-1950)"   SET 2012
El recorrido que se propone en esta oportunidad, está asociado a la revista contemporánea, en particular su primeras apariciones en torno a 1948 y 1950. Dicha publicación, dirigida por Juan Jacobo Bajarlía en Buenos Aires (Argentina), exige atender a los contactos culturales implicados, a la transición desde Arturo. Revista de Artes Abstractas (Buenos Aires, 1944), a las diversas publicaciones relacionadas con el invencionismo argentino (Edgar Bayley, Tomás Maldonado, el mismo Bajarlía, entre otros). Al respecto, interesa señalar un cúmulo de vínculos entre instituciones, discursos, actores e invenciones que recorren tanto la poesía como las artes visuales, ya que se parte del supuesto de la exigencia interdisciplinaria contenida en el estudio de las revistas culturales como soporte visible de poéticas. Los términos revolución, contienda, invención, contemporáneo y lunar se reúnen heterogéneamente en la proposición de las nuevas realidades y en conexión con decisiones en materia de poesía y artes visuales.
ORNELA BARISONE - Universidad Nacional de Buenos Aires | Argentina
PDF
 
"LA REPRESENTACIÓN FEMENINA EN EL RETRATO DE LA REGIÓN DE MURCIA"   JUN 2012
La investigación que hemos desarrollado analiza una serie de retratos pertenecientes a la colección de arte de la Región de Murcia y que son buen ejemplo de las diferentes representaciones femeninas que se ha sucedido en el arte occidental. Además de ayudar a poner en valor estos retratos, y toda la colección, también se pretende profundizar en las características del retrato femenino, y cómo éste ha ido abandonando una representación determinada por la subjetividad masculina, para ir mostrando a una mujer autónoma e independiente que se convierte en sujeto artístico por sí misma.
JUAN RAMÓN MORENO VERA & MARIA ISABEL VERA MUÑOZ - Universidad de Alicante | Espanha
PDF
 
"EXPLORAÇÃO DO CONCEITO «JOGO E CULTURA» NO CAMPO DAS ARTES PLÁSTICAS"   MAR 2012
Geograficamente a região que compreende as províncias de Trás-os-Montes e Alto Douro (Portugal) e de Zamora (Espanha) comunga de rituais ancestrais comuns e únicos, apesar das fronteiras políticas, diluída nos dias de hoje em consequência da integração na Comunidade Europeia. Pretendemos abordar os conceitos já explorados de "Sagrado" e "Profano", no presente caso parecem não ser antagónicos, senão interdependentes, nas pequenas comunidades rurais portuguesas e espanholas. O conceito foi explorado e descrito através de dois óleos sobre tela, da autoria de Luís Canotilho, tendo como base exploratória as "Festas de Inverno em Trásos- Montes e Alto Douro" e as "Mascaradas de Invierno de Zamora" e a manifestação religiosa que constitui a romaria católica da "Senhora do Nazo", perto da cidade de Miranda do Douro.
LUÍS CÉSAR; HELENA CANOTILHO & LUÍS CANOTILHO - Instituto Politécnico de Bragança | Portugal
PDF
 
"EDUCAÇÃO PELA ARTE: Projecto de Escola de Artes para o Bairro do Alto da Cova da Moura"   DEZ 2011
A realização deste trabalho incidirá em três abordagens principais. Primeiramente, reflectiremos sobre vários aspectos de um bairro problemático da área metropolitana de Lisboa - o Bairro do Alto da Cova da Moura. Iremos analisar fundamentalmente os problemas inerentes ao bairro e a sua relação relativamente à sociedade que o rodeia. De seguida, partimos para um estudo fundamentado principalmente na obra de Herbert Read, "Educação pela Arte". Após a sua leitura compreendemos que um dos factores que influência o crescimento do ser humano está relacionado com as nossas experiências diárias e com a nossa capacidade de adaptação ao meio em que estamos inseridos. A arte surge aqui como uma forma de exprimir sentimentos, compreender o mundo e de interagir com ele. Para além disso, permite descobrirmo-nos e facilita a forma como nos relacionamos. Assim sendo, percebemos que a educação através da arte capacita os indivíduos de uma maior sensibilidade e de um entendimento diferente do mundo. As duas análises anteriores conduzem-nos assim à terceira parte do trabalho: compreendemos que um dos factores que faz dos 'guetos' um mal da sociedade actual é a necessidade de se apostar mais na educação artística. Como tal, a solução que apresentamos para colmatar um dos problemas no bairro é a criação de um equipamento social que irá proporcionar às crianças e jovens um acompanhamento mais humano, e transmitir-lhes conhecimentos e oportunidades futuras que, de outra forma, seriam quase impossíveis. Desenvolveu-se então um projecto de arquitectura para uma Escola de Artes, com o objectivo de que este seja um exemplo a seguir e que se possa aplicar como um caso de sucesso, evidenciando a importância das artes no desenvolvimento da personalidade dos indivíduos e na sua mais-valia para a transformação da sociedade.
ANA FILIPA SOUSA MARQUES - Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias | Portugal
PDF
 
"DIÁRIO DE ESCRITA DE SI"   SET 2011
“Diário” porque se referem os diários visuais que foram introduzidos aos alunos nas aulas de Educação Visual no contexto de estágio e no âmbito do Mestrado em Ensino das Artes Visuais no 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário. A ausência do ‘visual’ no título preserva a ambiguidade deste diário ao permitir em simultâneo a presença da tese de mestrado - também esta foi vivida e construída diariamente num exercício de “escrita de si”. Entre o que foi proposto às turmas na escola de estágio e aquilo que se fez na escrita, apenas a diferença de um formalismo institucional. Pela condição num lugar e pela ordem académica do discurso, a escrita isenta-se do uso de outras plasticidades, ao passo que para os alunos essa era uma possibilidade como outra qualquer. De ambos os lados a escrita de si para vermos o eu, o outro, e para construirmos as nossas subjectividades e devires outros a partir das visitadas formas de ver e de fazer.
CATARINA ALMEIDA & CATARINA MARTINS - Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto | Portugal
PDF
 
"O despertar do ductus no ensino e na prática do desenho"   JUN 2011
A presente revisão propõe uma visão do conceito de ductus aplicado à aprendizagem e ao ensino do Desenho. Por ductus pode-se entender o elemento que reúne na acção de desenhar singularidade e aprendizagem, isto é, ainda que os conhecimentos sejam direcionados ao grupo, é de modo individual que são interiorizados e interpretados. Ao longo deste texto, emergem duas ideias simultaneamente antagónicas e complementares: a singularidade e o coletivo. É numa aprendizagem significativa, construída pelo próprio aluno, que é possível o desenvolvimento de um modo particular de gerir e aplicar esses mesmos conhecimentos, numa permanente busca de si. Ductus surge então como a idiossincrasia do Desenho, que emerge através de movimentos automáticos. O desenvolvimento do ductus no ensino do Desenho remete-nos para a importância do papel do professor no percurso de aprendizagem de cada aluno, procurando uma relação mais próxima que permita a auscultação de cada elemento e um apoio e acompanhamento permanentes, tendo em vista a sua formação integral, que sobrepuja os limites do Currículo.
ANA ISABEL PALMA & MANUELA TERRASÊCA - Universidade do Porto | Portugal
PDF
 
"A regra e o sistema na estrutura da construção de espaço no desenho"   MAR 2011
O desenho é uma expressão cuja liberdade de pensamento e acção está irrevogavelmente associada à regra e ao sistema, seja como características materiais, ou como estruturas conceptuais. Neste artigo analisam-se diferentes instâncias da regra e do sistema no que constitui a génese e estrutura da construção de espaço no desenho, no quadro da investigação desenvolvida no doutoramento sobre o desenho de espaço, apoiada na prática lectiva enquanto docente de desenho.
ANTÓNIO MEIRELES - Instituto Politécnico de Bragança | Portugal
PDF
"Arquitectura e espólio religioso na arte rural transmontana: a Igreja Matriz de Carlão (Alijó)"   DEZ 2010
Apresenta-se neste trabalho o estudo arquitectónico e do espólio artístico (retábulos, pintura do tecto e imagens em escultura) da Igreja Matriz de Santa Águeda em Carlão, concelho de Alijó. Este estudo procura realizar uma análise estilística e artística, em termos de planimetria, espacialidade, técnica, composição e elementos estruturais e decorativos, quer na arquitectura, quer no espólio. Para o efeito recorremos a uma metodologia de cariz qualitativo utilizando técnicas não interactivas, como a consulta de notas de campo e fontes e documentos históricos. Concluímos que a crença religiosa, a fé no sagrado e os hábitos culturais são mais importantes para as comunidades locais rurais do que as grandes preocupações técnicas, artísticas e da evolução estilística. Se por um lado, as obras extravasam os limites cronológicos comummente estabelecidos para os diferentes estilos artísticos, por outro elas recriam com intensidade a imagética sagrada e divina e as tradições litúrgicas da comunidade original.
ANTÓNIO JOSÉ LEANDRO & DUARTE LOURENÇO GRABULHO - Instituto Piaget | Portugal
JOSÉ ANTÓNIO MOREIRA - Universidade Aberta | Portugal
PDF
 
"IMAGENS NA HISTÓRIA: imaginação histórica e história visual "   SET 2010
Este ensaio tem como objetivo discutir as relações entre a imaginação histórica (KRAMER, 1992; BANN, 1994; WHITE, 2001) e a história visual (MENEZES, 2003), a partir do uso da imagem como objeto para o estudo da História. A imagem neste trabalho será encarada como texto visual, levando-se em conta o papel da imaginação na construção da narrativa e a contextualização das relações estabelecidas a partir, para e pela obra visual. Examinamos algumas concepções de cultura visual (HALL, 1996; HERNÁNDEZ, 2000; MITCHELL, 2001) na sua relação com a história, buscando as possíveis contribuições para a área de artes.
ROBSON XAVIER DA COSTA - Universidade Federal da Paraíba | Brasil
PDF
 
"Núcleo de Tábuas Votivas ao Senhor Jesus do Calvário em Parada de Pinhão"   JUN 2010
Este estudo debruça-se sobre o núcleo de tábuas votivas existente na “capela velha” do Santuário de Nosso Senhor Jesus do Calvário na freguesia de Parada de Pinhão. Este local encerra sobre si as condições necessárias para a implantação de um santuário cristológico: elevação e isolamento propício à meditação e intimidade. É um pequeno monte-sagrado, no "cimo " da povoação, coreograficamente o gólgota. Nesta capelinha eram guardadas, até algum tempo, penduradas na parede com argolas e pregos, 67 tábuas votivas e outros ex-votos. Os ex-votos foram aí colocadas, em cumprimento de promessas pelas graças concedidas pelo "Santo". Oferecidas em cumprimento de um voto ou promessa feita para obter uma graça. Com devoção, isto é, com vontade de servir a Deus, directa ou indirectamente, e subordinado à sua glória e beneplácito toda a vida. Os ex-votos são exemplo desta espontânea e popular prática religiosa. As tábuas, de forma rectangular e de medidas variáveis, pintadas a óleo, sobre madeira de castanho (material nobre, durável e excelente absorvente da tinta a óleo) talhada e polida com grosa; ou sobre chapa de ferro, com ou sem caixilho, eram mandadas pintar pela comissão, como assinalam algumas tábuas. Das que estão datadas, apenas consta o ano, remontando a primeira a 1852 e a última a 1865. São um exemplo de arte sacra popular; constituem uma fonte para o estudo da mentalidade religiosa na segunda metade do séc. XIX.
CELESTINO SILVA - EPM | Portugal
LUÍS CANOTILHO - CITAR - UCP | Portugal
PDF

 

 

 

 

 

Copyright © 2016. Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. All rights reserved.